Como aumentar sua capacidade de concentração

 

A quantidade e a qualidade do trabalho que você é capaz de produzir não só vai depender do esforço que você colocar, mas sim em sua capacidade de concentração aliada ao esforço.

Não importa, por mais que você tente, se o seu cérebro não anda funcionando bem, você não será tão produtivo como você deveria ser. Embora muitos dos fatores que afetam a concentração está além de seu controle, uma grande quantidade é determinada pelo seu comportamento. Segue algumas dicas que vão ajudar a sua mente a funcionar com o desempenho máximo para que você possa se sobressair em atividades altamente criativas.

Como aumentar sua capacidade de concentração

– Receba o seu descanso. Pode parecer óbvio, mas é o principal fator que afeta a concentração. Se você não estiver bem descansado sua mente estará dispersa e lenta. Evite isso, certificando-se de estar obtendo a quantidade de sono na hora certa. Defina uma hora para ir se deitar para que isso vire uma rotina, assim você não terá problemas para dormir. Também é importante não dormir muito. O “oversleeping” interrompe o seu ritmo natural e o leva à sonolência. Evite isso (já que você passará a ter uma sequência de sono estabelecido). No meu caso é melhor dormir um pouco menos do que demais. Se você dormir cansado, seu corpo irá compensar, ajudando você a dormi mais cedo na noite seguinte.

  • Este artigo foi útil para você?
  • Sim   Não


Comentários do Facebook

4 Comentários


  1. Anônimo

    12 de fevereiro de 2012 em 01:00

    uma boz forma de se concentar é usar um cronometro e contar os segundos exatamente como o cronometro

    Responder

  2. renancsi

    22 de julho de 2012 em 22:05

    Eu particularmente aumentao minha concentração quando eu faço algo até termina-lá por completo, ou seja não faço outra coisa até chegar o fim desta.

    Responder

  3. Anônimo

    25 de janeiro de 2013 em 00:53

    Preciso urgentemente de uma técnica eficaz para melhorar minha concentração.

    Responder

  4. Alan Jorge Luz

    22 de agosto de 2015 em 20:29

    A gostei muito da explicação.

    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Os campos obrigatórios estão assinalados por um asterisco. *