Como ser assertivo

 
 
A comunicação assertiva é o estilo que possibilita SER E PARECER, pois suas características estimulam uma comunicação trans parente, honesta, objetiva e de mão dupla
 
A pessoa que adota a comunicação assertiva consegue estabelecer as duas direções que flexibilizam e dão equilíbrio à sua relação com o outro: Influenciar e Ser influenciado.
 
A assertividade possibilita a um profissional ser mais competente, na medida em que se torna uma pessoa segura e confiante em seu potencial, clara e concisa em suas relações, que:

 

  • Desenvolve relações interpessoais maduras, baseadas no auto-respeito e no respeito aos outros colegas;
  • Coloca limites às pessoas agressivas, que tentam invadir seu espaço;
  • Estimula as pessoas passivas, que se sentem inseguras ao se posicionar;
  • Analisa e resolve o problema, sem necessidade de buscar culpados;
  • Expressa seus sentimentos e opiniões de concordância e discordância com tranquilidade
  • Tem a humildade de pedir ajuda;
  • Exerce com tranquilidade a autoridade
  • Defende-se contra os excessos de poder;
  • Controla seus medos e aprende a integrar-se ao grupo, sem deixar manipular ou dominar pelo conformismo da maioria, conservando a riqueza de sua própria individualidade.

 

No aspecto pessoal, a assertividade traz bem-estar, uma vez que a pessoa tem o controle sua própria vida, sem necessidade da aprovação das outras pessoas sobre suas escolhas.
 
Na vida familiar, a assertividade ajuda na educação dos filhos, no relacionamento conjugal e afetivo. Portanto, é um fator determinante ao nosso bem-estar, pois, através da afirmação do nosso eu, adquirimos uma auto-estima positiva e ficamos mais seguros para enfrentar os desafios do cotidiano.
 
Podemos concluir, com segurança, que a comunicação assertiva é realmente uma ferramenta eficaz para promover a qualidade em sua vida profissional e pessoal, dando-lhe credibilidade nos diversos papéis que desempenha, no ambiente profissional, familiar ou social.
 
A assertividade pode também contribuir para as relações comerciais, dando um novo rumo ao capitalismo vigente, pois a comunicação assertiva exige dos inter locutores a transparência em sua comunicação e o respeito mútuo.
 
O comportamento assertivo torna a pessoa capaz de: agir em favor de seus próprios interesses: afirma-se sem ansiedade; expressar sentimentos sinceros sem constrangimento. Em suma, capaz de exercitar seus próprios direitos, incluindo os direitos dos outros. Assertividade é o plano de fundo do diálogo.
 
Este é o grande desafio para a sobrevivência profissional das pessoas, pois quem é assertivo tem mais credibilidade e é mais respeitado, com chances maiores de sucesso profissional.
 
Mesmo correndo o risco de desagradar pessoas não-assertivas, acredito valer a pena apostar nessa alternativa.
 
Texto retirado do livro: Seja Assertivo – Vera Martins.


Comentários do Facebook

um comentário


  1. len@

    1 de abril de 2014 em 00:21

    eu sou uma pessoa extremamente timida entao eu concordo com tudo o que dizem mesmo que no fundo eu nao concordo e fico rindo quando nao acho graça. Eu sei que isso é horrivel, eu me sinto mal por mentir pra mim mesmo e para as pessoa mas eu nao quero ser antipatica , se eu for eu mesma as pessoas nao vao gostar de mim porque eu sou chata e um pouco controladora. Acho que tenho 0 de assertividade , eu nao sei como eu faço pra mudar isso sem ser chata e controladora.

    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Os campos obrigatórios estão assinalados por um asterisco. *