6 sinais de que você é socialmente desajeitado

 

Se as suas interações sociais não vão lá como você gostaria que fossem e as vezes você enfia os pés pelas mãos durante uma conversa, você pode estar se perguntando: "Eu sou socialmente desajeitado?"
 
O objetivo desse artigo é explicar as características das pessoas socialmente desajeitadas e ajudá-las a entender se elas são ou não, bem como mostrar o que fazer sobre isso.
 

O perfil das pessoas socialmente desajeitadas

As pessoas socialmente desajeitadas possuem um conjunto de características distintas. Quanto mais dessas características você tiver, maior vai ser seu grau de inaptidão social; Aqui estão elas:
 
1. Se sentir nervoso em ambientes sociais. A típica pessoa socialmente desajeitada não se sente confortável em ambientes/situações sociais. Elas produzem muita ansiedade.
 
A ansiedade é um dos principais fatores que muitas vezes faz com que as pessoas socialmente desajeitadas tenham comportamentos estranhos perto das outras pessoas. O nervosismo leva a um comportamento tímido e quando a pessoa percebe que está sendo tímida, fica mais nervosa ainda, então temos ai um ciclo negativo continuo.
 
2. Opss…não foi isso que eu quis dizer. É muito comum entre as pessoas socialmente desajeitadas ofender alguém sem querer, quando se brinca com uma coisa que não tem graça ou fala algo sem pensar duas vezes. Para tentar sair de forma menos desagradável, tentam soltar um elogio.
 
Em outras palavras elas tentam gerar um resultado, mas acabam resultando em outro totalmente diferente. Essa desarmonia é um sinal de deficiência da calibração social.
 
3. Não compreendem as normas sociais. As pessoas socialmente desajeitadas reclamam que muitas vezes não sabem o que é e o que não é apropriado para fazer em uma situação social.
 
Eles não sabem quando é o momento certo para iniciar uma conversa, sobre que assuntos falar, ou quais são as brincadeiras adequadas para aquele momento. Obviamente essa falta de compreensão pode levar a um comportamento estranho ou tímido.
 
4. Não tem fluxo de conversa. Todos nós já tivemos alguma conversa que não fluiu, que teve um silêncio constrangedor ou mesmo um fim atropelado. Mas para as pessoas socialmente desajeitadas isso não é exceção, é regra.
 
Para elas, conversas são habituais passeios de carroça em uma estrada esburacada.
 
5. Frequentemente são evitadas ou ridicularizadas por outros. Se as outras pessoas sempre tentam se esquivar de interações com você, ou muitas vezes o "bolinam", provavelmente elas devem te ver como uma pessoa estranha.
 
6. Falta de conexões significativas com os outros. Uma vez que eles enfrentam muita dificuldade de ter uma conversa que tenha fluxo, que se sintam à vontade em ambientes sociais, logo as pessoas socialmente desajeitadas normalmente não tem fortes ligações com os outros.
 
Eles geralmente tem poucos amigos, se houver amigos, é um círculo social muito pequeno. Eles passam muito tempo sozinhos e dizem que sua vida social é uma m****.
 
Ok, estas são as seis características das pessoas socialmente desajeitadas. Podemos dizer que esse é um bom momento para perguntar novamente: "eu sou socialmente desajeitado?"
 

Se a sua conclusão for: "Sim, eu sou socialmente desajeitado", confira esses 3 Preciosos conselhos:

O primeiro e mais importante é desenvolver a sua confiança social. A timidez causa constrangimento e ansiedade em ambientes sociais. Quando você está ansioso, você não consegue pensar em linha reta, tropeça, bambeia e fica inerte, e logo você se envergonha. Trabalhe para melhorar sua confiança social.
 
O segundo conselho é aprender as normas sociais básicas. Os princípios básicos de interações sociais podem ser aprendidos através de livros, cursos ou pessoas socialmente mais experientes. Conhecê-los e aplicá-los vai ajudar a ajustar o seu comportamento social de acordo com cada situação.
 
No entanto, além dos princípios básicos, todo o resto só pode ser aprendido através da experiência. Ninguém pode dizer exatamente o que você deve dizer ou fazer socialmente.
 
É por isso que o terceiro conselho é ganhar muita experiência em interagir com os outros. Conheça novas pessoas, busque novas experiências, converse mais, perceba os resultados e vá ajustando seu comportamento.
 
Com o tempo, a experiência social irá transformá-lo de um socialmente desajeitado em um socialmente inteligente. Tudo isso vai depender da socialização. Mais uma vez: desenvolva a sua confiança social.
 
Felizmente, é absolutamente possível superar o constrangimento social. Você pode se tornar uma pessoa socialmente calibrada, boa de conversa, com muitos amigos e com uma vida social rica.
 
A chave é ter foco, seguir em frente e implementar tudo isso com determinação.
 

Leitura complementar:

  • Este artigo foi útil para você?
  • Sim   Não


Load More Related Articles
Load More By Franklin Alexandre
Load More In Relações

Facebook Comments

12 Comments


  1. Unknown

    9 de fevereiro de 2013 at 19:11

    ótimo artigo mas a ultima dica parece óbvia demais,como por exemplo "procure novas amizades","converse mais",e etc… Só pessoas tímidas e retraídas sabem como é difícil conversar e ter iniciativas em certas coisas,contudo, é um ótimo artigo.

    Reply

    • Marcos Antonio

      21 de maio de 2014 at 16:59

      Mesmo embora só se vence uma dificuldade encarando ela de frente

      Reply

    • Marcos Antonio

      21 de maio de 2014 at 17:00

      Mesmo assim, só se vence uma dificuldade trabalhando ela… o que nem sempre é da forma mais fácil

      Reply

    • Anônimo

      8 de agosto de 2014 at 01:22

      Mas não existe outro jeito… sabe quando vc quer falar algo ou conhecer alguem, mas não faz por vergonha? Essa terceira dica é tipo: vá e faça! É só vcs pensarem com coragem, determinação. É com os erros que se aprende, não se pode ter medo de errar. Simplesmente diga: foda-se, eu quero ser feliz!
      Outra coisa, é arriscar agr pra se fodástico mais tarde. Se vc é tão inseguro assim, pense que se vc se arriscar vai ser feliz no futuro próximo, e se não se arriscar, não vai ser feliz nunca. PENSE EM TODA A MERDA DA VIDA E PENSE SE VALE A PENA PASSAR ESSE TEMPO TODO APENAS 'PENSANDO EM FAZER E NUNCA FAZENDO'. É MELHOR ARRISCAR UM DIA. Nenhum livro ou dicas vão te ajudar se vc tiver medo de colocar em prática. Não pense no que eles vão pensar, lembre-se do "foda-se"!

      Esse texticulo ( ͡° ͜ʖ ͡°) tem algumas palavras feias, mas acho que consegui encorajar vcs! vivam la vida loka o/

      Reply

  2. Anônimo

    1 de julho de 2014 at 00:39

    Bom, mas a terceira dica e meio difícil de ser seguida teria que ser mais detalhada.

    Reply

  3. Renira Linhares

    25 de outubro de 2014 at 00:54

    Já eu achei ótima essa terceira dica, pois nos esclarece que para mudar uma situação é preciso agir praticando algo que parece ser simples e óbvio, mas que na prática se tem dificuldade. Quando se tem dificuldade em se relacionar socialmente a melhor maneira de vencer não é se trancando e sim buscar conversar, fazer amizades, ouvir e observar as pessoas. Ótimo artigo!

    Reply

  4. Anônimo

    21 de dezembro de 2014 at 21:58

    Ta expliicado pq sou zuada no serviço e nen pela net consigo falar com os outros….

    Reply

  5. Anônimo

    24 de abril de 2015 at 19:13

    Cara… :c

    Reply

  6. Anônimo

    22 de junho de 2015 at 21:46

    Me encaixei em 5 dos 6 sinais kkkkkk ai ai

    Reply

  7. Anônimo

    28 de junho de 2015 at 01:03

    só os coxinha que fala certinho

    Reply

    • Carla

      3 de janeiro de 2016 at 13:16

      Só os falsos.

      Reply

  8. Túlio

    14 de fevereiro de 2016 at 10:56

    putz, encaixei nos 6 kkkkkkkk, principalmente no 4,5 e 6! preciso mudar urgente!

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also

Por que fazer terapia e não um curso de Psicologia?

Muitas pessoas procuram o curso de Psicologia para ...