4 filosofias que irão capacitá-lo – Friedrich Nietzsche – O eterno retorno

 
Filosofia é um ramo fascinante da sabedoria, no entanto essas ideias esotéricas são por vezes difíceis de traduzir para uma aplicação prática. O quão bom pode ser todos esses pensamentos, suposições e teorias? Como compreender uma filosofia pode realmente te ajudar a levar uma vida melhor?
 
  • Este artigo foi útil para você?
  • Sim   Não


Comentários do Facebook

4 Comentários


  1. Anônimo

    31 de agosto de 2014 em 15:14

    Muito bem….Concordo !, mas geralmente faltam as oportunidades; mas sei que elas estão aí. Saber discernir se elas serão boas e frutíferas…eis a questão kkk

    Responder

    • Franklin Alexandre

      1 de setembro de 2014 em 19:11

      realmente, minha vó sempre dizia: "quando você ver um cavalo branco (oportunidade) pule em cima dele imediatamente, nunca o deixe passar, pois raramente eles percorrem o mesmo caminho."

      Responder

    • Haylton Gomes

      18 de outubro de 2014 em 20:45

      Dizem que a oportunidade é como um cavalo branco sem rabo, quando passa por nós, passou, não dá pra segurar o rabo dele, parece-me que é assim o ditado antigo. Mas o que Nietzsche quis dizer com sua filosofia do eterno retorno é bem mais profundo. Ele nos confronta a escolher cada ato de nossa vida com tanto cuidado e inteligência pois cada um desses atos e escolhas acarretará em outros atos e escolhas que ao longo de uma vida inteira será vista como uma vida digna ou indigna.

      Responder

  2. Lucas Silva

    3 de setembro de 2014 em 05:20

    Aêêê, voltaram! ô/õ/

    Ótima matéria!

    "Nietzsche então sugere que você escolha melhor a ação todo o momento e sempre se pergunte se o que você está fazendo agora é realmente o melhor que você poderia estar fazendo."

    O problema é conseguir se ater a esse detalhe/autoquestionamento em meio a uma rotina extremamente apertada, kkkkk.

    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Os campos obrigatórios estão assinalados por um asterisco. *