Pare de dizer “sim” quando você realmente quer dizer “não”

 

O ser humano possui uma necessidade inerente de se sentir aceito e amado. Por conta disso, muitas pessoas acabam contra sua vontade se conformando e obedecendo as outras, com medo se sentir sozinho e solitário em um mundo frio, isolado do resto da humanidade.

Tais pessoas não se sentem autossuficientes. Elas se sentem pequenas, sem importância e seu sentindo de autoestima é baseado unicamente nas opiniões dos outros sobre si mesmas. Naturalmente, elas fazem de tudo para serem queridas, pensando que desta forma vão conseguir se sentir bem sobre si mesmas e felizes.

Essas pessoas não se expressam honestamente, preferem esconder seus reais pensamentos, emoções e fingir ser diferente de quem realmente são. A fim de agradar aos outros, sacrificam a si mesmas dizendo “sim” a tudo que acha que as pessoas querem ou esperam delas, mesmo que lá no fundo a vontade seja de dizer um grande e belo: “não!”

Se você é uma dessas pessoas, pergunte a si mesmo:

“Como posso me sentir amado e aceito, sendo que os outros estão apenas enxergando uma máscara que esconde quem sou realmente?”

Mesmo que só reste uma pessoa no mundo que goste de você por quem você realmente é, é muito melhor do que ter centenas de pessoas que gostam de você por quem você não é.

Quantos amigos iriam sobrar?

Quantos amigos iriam “sobrar”?

Uma maneira bem prática de descobrir quem realmente gosta de você e claramente quem não gosta, é ser fiel a si mesmo e aos outros, o que permite que as pessoas possam olhar para o seu verdadeiro eu, descobrindo assim, se realmente se conectam com você.

Pare agora mesmo de dizer “sim” quando você realmente quer dizer “não”. É claro que nem todos vão gostar de você, mas lhe garanto que quem gostar, será pelas razões certas.

Se isso ainda não foi o suficiente para te convencer, conheça esses 8 benefícios de dizer não (quando querem que você diga sim)

  • Ser apreciado por quem você é como pessoa, e não por ceder
  • Se sentir melhor fisicamente e psicologicamente, sem todo aquele estresse de prometer mais do que pode entregar.
  • Construir sua autoestima para enfrentar e superar seus medos.
  • Impressionar os outros por não ser um alvo fácil.
  • Acabar com a constante sensação de estar preso.
  • Ser capaz de se concentrar em suas próprias necessidades, desejos e sonhos.
  • Poder parar de se preocupar e começar a relaxar mais.
  • Começar a sentir que você é “bom o suficiente”.


Comentários do Facebook

um comentário


  1. Lucas

    24 de outubro de 2016 em 22:07

    Bela matéria! n_n

    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Os campos obrigatórios estão assinalados por um asterisco. *