A melhor maneira de superar um amor

Um dos maiores desafios de um término é separar-se psicologicamente de um ex-parceiro(a). A quebra do convívio e da normalidade psicológica é muito dolorosa.

Os psicólogos descobriam que pensar o término de uma forma romântica é uma maneira surpreendente para ajudar superá-lo.

Depois de repassar mentalmente o rompimento várias e várias vezes, as pessoas no estudo se sentiram menos solitárias e mais seguras em seu próprio autoconceito (ideia ou imagem que temos de nós mesmos).

Um dos desafios de um rompimento é separar-se psicologicamente de um ex-parceiro(a). Pensar no rompimento e criar uma narrativa de recuperação ajuda a construir um conceito mais forte, descobriram os pesquisadores.

É importante entender nesse ponto que a forma como construímos as narrativas é importante para definir o sentido dos nossos sentimentos. Para saber mais sobre narrativas ouça esse podcast.

Para o estudo, 210 pessoas que tinham recentemente experimentado um rompimento de relacionamento foram divididas em dois grupos:

Um grupo completou dois questionários, enquanto o segundo grupo recebeu uma bateria de questionários mais intensivos em quatro ocasiões separadas. Em cada questionário eles forçados a refletir sobre seu relacionamento e o rompimento de maneiras diferentes.

A Dra. Grace Larson, a primeira autora do estudo, disse:

“De início, pode parecer estranho pedir que os participantes relembrassem repetidamente que eles tinham terminado uma relação – e pedir que descrevessem o rompimento várias e várias vezes realmente parece dificultar a recuperação.”

As perguntas ajudaram as pessoas a se libertar. A ideia é encorajar as pessoas a se desvencilharem psicologicamente de seu ex-parceiro(a). Os resultados mostraram que se enxergar separado ajuda a recuperação emocional.

O Dr. Larson disse:

“O processo consiste em resignificar a conexão com o paceiro(a). Nosso estudo fornece evidências adicionais de que a reparação do autoconceito realmente causa melhorias no bem-estar. ”

Embora os pesquisadores não tenham certeza exatamente porque refletir sobre o relacionamento ajuda a recuperação, o Dr. Larson pensa:

“… Pode ser simplesmente o efeito de refletir repetidamente sobre a experiência de alguém e elaborar uma narrativa – especialmente uma narrativa que inclui a parte da história em que a pessoa se recupera.”

Embora a maioria das pessoas não tenha acesso a um estudo psicológico para ajudá-las a superar um rompimento, elas ainda podem imitar o processo.

O Dr. Larson disse:

“Por exemplo, uma pessoa pode fazer análises semanais relacionadas às suas emoções e reações à separação e registrá-las em um diário para ir acompanhando-as”.

O Dr. Larson aconselha que um autoconceito independente é vital para a recuperação:

“A recuperação de um autoconceito claro e independente parece ser uma grande força impulsionando os efeitos positivos deste estudo, então eu encorajaria uma pessoa que recentemente experimentou um rompimento a considerar quem ele(a) é além do relacionamento.”

“Se essa pessoa puder refletir sobre os aspectos de si mesma que pode ter negligenciado durante o relacionamento e que agora pode voltar a nutrir, isso pode ser particularmente útil ”.

Algumas Perguntas que podem ajudar:

(1) Quando você percebeu pela primeira vez que você e seu parceiro (a) estavam indo em direção ao término?

(2) O que você lembra sobre a separação em si, o exato momento em que você e seu ex-parceiro(a) separaram?

(3) Quanto contato você teve com seu ex-parceiro(a)? Como foi esse contato?

(4) Como o rompimento tem afetado seus pensamentos e sentimentos em relação a relacionamentos amorosos?

(5) Como esse término vai refletir daqui a 5 anos?

Esse processo de restabelecer o autoconceito é muito parecido com o processo de uma terapia com um psicólogo. Conheça 5 dicas de onde obter atendimento psicológico.

Você pode conferir o estudo completo nesse link (em inglês)
https://static1.squarespace.com/static/56c0eeaa7c65e465b5050feb/t/56ca42bde707eb01debca00e/1456095935105/Larson_Sbarra_SPPS-2015.pdf

  • Este artigo foi útil para você?
  • Sim   Não


Load More Related Articles
Load More By Franklin Alexandre
Load More In Relações

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also

O que Charlize Theron pode ensinar sobre relacionamentos em “Atômica”

Atenção, contém Spoilers! No filme “Atômica”, a atriz ...