Entenda porquê você sente vergonha

O que é vergonha alheia para uma pessoa pode ser normalíssimo para outra. Até mesmo psicólogos, ao tentar defini-la saem pela tangente.

A constatação mais óbvia é que esse sentimento é intraduzivel, seja em seu significado original, seja no fato de que cada um tem o seu jeito de sentir vergonha dos outros. Mas quando rola, não dá pra negar. Ninguém quer estar na pele dos outros nesses momentos. Na maioria das vezes o pior é que quem devia sentir vergonha acha que está abafando. Ai vem aquele sentimento que é um misto de solidariedade, constrangimento e sadismo. Vai entender… Até os mais desavergonhados não conseguem evitar quando o negócio é com os outros.

Sentimento Infantil

A vergonha ja aparece no desenvolvimento das crianças . A primeira a ser sentida é a vergonha da exposição, decorrente do simples fato de estar exposto ao olhar do outro. “Pode acontecer de, por contagio, uma pessoa sentir vergonha por outra. Os conteúdos da vergonha podem ser quaisquer: Depende dos valores que a pessoa associa a sua identidade . E existe a vergonha moral, aquela oriunda de valores morais: ter vergonha de não ter ajudado o amigo, de ter perdido a calma e agredido alguém , de ter sido injusto, etc. Interessantemente, as expressões “sem vergonha” e “vergonha na cara”, empregadas em vários idiomas, somente remetem a conteúdos morais. Não se diz de alguém que se veste de forma ridícula que é “sem vergonha”, mas se dirá de alguém corrupto, explica o professor Yves de la Taille, do instituto de psicologia da USP.

O professor la Taille diz que a vergonha pode somente ser sentida por uma pessoa, sem ser exposta a outras. Trata-se de um sentimento doloroso, consequência da distância que o sujeito percebe (pode ser ilusão as vezes) entre o valor que o ele tem e aquele que ele pensava ter ou almejava ter. ” Não se trata, portanto de diferenças entre o própio olhar sobre si mesmo e o olhar os outros. Por exemplo, um jogador que perde feio uma partida de tênis pode sentir vergonha porque pensava ser um melhor jogador ou almejava ser esse melhor jogador”, explica.

Leia também: Como superar a timidez e a ansiedade utilizando a plataforma Youper

É impossível ser “sem vergonha”?

Se o “sem vergonha” for alguém que nunca sente vergonha, a resposta é não, salvo em casos patológicos. “Porém se, como o quer a a linguagem popular, o “sem vergonha” por alguém que não sente vergonha moral (mas experimenta outras), ele infelizmente existe: Há pessoas sem senso moral que não somente não sentem vergonha de seus atos de desrespeito como sentem orgulho deles., Isto explica vários associados à identidade, e é ser “manso” ou “tenro” que causaria vergonha”, esclarece La Taille. Da mesma forma, causa aquele tipo que não está nem aí e que julga correta as maiores barbaridades cometidas em beneficio própio com as desculpas mais esfarrapadas possíveis. Para saber é só abri os jornais todos os dias , especialmente nas paginas sobre politica.

Fonte: Revista Offine Nº17