Agora que você aprendeu com nossos modelos como fazer um currículo caprichado, chegou a hora de conferir se não cometeu nenhum dos grandes erros comuns.

Confira a lista abaixo e verifique se seu currículo está livre desses erros graves, aumentando suas chances de sucesso!

Objetivo não condiz com a formação.

Tenha foco. Deixe claro seu objetivo e coloque as formações que correspondam a esse interesse. Não coloque cursos que nada agreguem ao objetivo.

Pretensão salarial

Prefira comentar sobre este assunto no momento da entrevista e quando o selecionador falar a respeito.

Qualificações profissionais

No currículo você deve ressaltar suas experiências profissionais – por meio de cursos, formação. Não coloque características pessoais que você julga ter.

Erros os gramaticais

Revise seu currículo antes de enviá-lo a qualquer empresa. Esse é um erro gravíssimo e que pode eliminá-lo da próxima etapa do processo seletivo. Por isso, todo cuidado é pouco.

Mentira

A piorar armadilha em que um profissional pode cair é mentir em seu currículo. Além de ter grandes chances de se contradizer na conversa pessoalmente e passar por uma situação constrangedora, em muitos casos, o “mentiroso” nem é chamado para entrevista, o selecionador percebe que as informações estão desencontradas.

Falar em excesso ou resumir demais

Não adianta querer contar a história profissional no currículo e deixar de citar realizações importantes e experiências.

Viagens culturais

Não faz sentido incluir essa informação, a menos que a área de interesse seja turismo. Deixe suas experiências pessoais de fora.

Supervalorizar resultados

Exagerar nos elogios em relação aos resultados obtidos em outro emprego é algo não tão bem visto, chegando a soar como mentira.

Poblemas pessoais

Não é por conta de seus problemas pessoais que o recrutador vai se interessar pelo seu currículo. Evite escrever coisas do tipo: “Por favor, preciso desse emprego para sustentar meus filhos”, por exemplo.

Mesmo currículo para todas as vagas

Ao fazer um currículo geral para qualquer tipo de emprego, há uma grande
chance que ele vá parar no lixo. As empresas preferem que o candidato escreva um currículo personalizado para a vaga desejada.

Post Atualizado em: