15 sites para checar Fake News e ver se a notícia é verdadeira em 2020

Você está procurando um site para verificar se uma notícia é verdadeira? Não se preocupe, selecionamos 15 opções para você escolher. Desde jornais, órgãos do governo, e até robôs .


  1. O que é Fake News?

    Fake News são notícias falsas. Muitas coisas que você lê na internet, recebe pelo WhatsApp, e especialmente vê no seu feed das redes socias, podem parecer verdadeiras, mas geralmente são falsas. Fake News são notícias, histórias ou boatos criados para desinformar ou enganar deliberadamente os leitores. Geralmente, essas histórias são criadas para influenciar a visão das pessoas, promover uma agenda política ou causar confusão e, muitas vezes, podem ser um negócio lucrativo para donos de sites

    As notícias falsas podem enganar as pessoas, parecendo sites confiáveis ​​ou usando nomes e endereços da Web semelhantes a organizações de notícias respeitáveis.

Há 3 anos no Brasil, quando houve o grande boom das Fake News, amplamente impulsionadas pela eleição presidencial, havia cerca de 3 agências de checagem de fatos, que nem sequer davam conta da enorme demanda.

Hoje, diversos jornais se reuniram para criar grandes organizações de checagem de fatos, órgãos do governo lançaram sites para checar fatos e existem até robôs especializados em descobrir Fake News.

A seguir, você vai conhecer todos esses canais para checar se uma notícia é verdadeira.

Fique ligado:

Certificação IFCN: Sigla em inglês para “Rede Internacional de Verificação de Fatos“, organização gerenciada pelo Instituto Instituto Poynter, uma escola de jornalismo e organização de pesquisa sem fins lucrativos.

Quando um site de verificação de notícias possui a certificação IFCN, significa que segue todos os padrões e normas estabelecidas pela Rede, para certificação de notícias. Isso garante a qualidade e confiabilidade da verificação.

WhatsApp Bot: Para receber as atualizações do site, adicione o número informado à sua lista de contatos no celular e envie uma mensagem. Sem adicionar o número, não será possível receber regularmente o conteúdo.

Sites-Robôs para checar notícias falsas

1. LOIS LANE

Site: loislane.com.br
Certificação IFCN:
Especialidade: Agregador de notícias
É possível enviar notícias para checagem: Não

 l.O.I.S L.A.N.E — Foto: Reprodução/ l.O.I.S L.A.N.E

l.O.I.S L.A.N.E é a sigla em inglês para “Grande Sistema Online de investigação olhando todas as notícias em todos os lugares”, em tradução livre.

Se trata de um sistema, baseado em Aprendizado Automático , que vasculha as fontes de checagem. Isso significa que a LOIS LANE, vai garimpar a internet, em busca de notícias checadas e depositar em um carrossel, onde você possa pesquisar e ler.

Basicamente, é um grande agregador de notícias checadas. Isso te poupa o trabalho de ter que entrar em vários sites para pesquisar notícias.

2. Fake Check (Detector de Fake News)

Site: nilc-fakenews.herokuapp.com
Certificação IFCN: Não
É possível enviar notícias para checagem: Não

FakeCheck — Foto: Reprodução/FakeCheck

Fake Check é um sistema automatizado para detectar Fake News. Ele utiliza um modelo baseado em Machine Learning que classifica a notícia como Verdadeira ou Falsa.

O sistema detecta “palavras do texto” ou “classes gramaticais” e através de um cálculo matemático, classifica a notícia.

Como o sistema não é 100% garantido (nos testes, obteve 89% de acerto), não se recomenda utilizar como única fonte de informação, no entanto, é muito útil como um apoio ao usuário, já que os sites que verificam Fake News não conseguem dar conta da demanda.

Sites do governo para checar se uma notícia é verdadeira

3. Ministério da Saúde

Site: saude.gov.br/fakenews
Certificação IFCN: Não informado
Especialidade: Notícias sobre saúde
É possível enviar notícias para checagem: Sim, via WhatsApp: (61)99289-4640

Saúde Sem Fake News — Foto: Reprodução/Ministério da Saúde

Atendendo à campanha contra Fake News, divulgada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o site do Ministério da Saúde passou a checar notícias e divulgar sem seu portal. Todas notícias checadas são da área da saúde. #FakeNewsNão

4. Câmara dos Deputados – Comprove

Site: camara.leg.br/comprove
Certificação IFCN: Não informado
Especialidade: Notícias relacionadas à Câmara dos Deputados
É possível enviar notícias para checagem: Sim, via WhatsApp: (61) 99660-2003

É FATO / É FALSO  — Foto: Reprodução/ Camara dos Deputados

Sites com certificação IFCN para verificar se uma notícia é falsa / Fake News

5. Agência Lupa

Site: piaui.folha.uol.com.br/lupa
Certificação IFCN: Sim
Especialidade: 1. Notícias virais 2. Interesse público
É possível enviar notícias para checagem: Sim, via formulário

 Agência Lupa — Foto: Reprodução/Agência Lupa

A Agência lupa foi a primeira a se especializar em em fact-checking do Brasil.

Associada ao jornal Folha de S.Paulo, é certificada pela International Fact-Checking Network (IFCN), rede mundial de checadores de fatos, reunidos em torno do Poynter Institute.

A Lupa faz checagem não só de questões políticas, como também faz cobertura sobre economia, cidade, cultura, educação, saúde e relações internacionais.

No site da agência é possível fazer sugestões de checagem e inclusive ser um checador, através de um curso oferecido. Além disso, também é interessante conhecer o podcast da Agência Lupa, onde acontece uma conversa sobre notícias e Fake News.

6. Aos Fatos

Site: aosfatos.org
Certificação IFCN: Sim
Especialidade: 1. Política 2. Interesse Público. 3. Notícias Virais
É possível enviar notícias para checagem: Sim, via formulário
WhatsApp Bot: (21) 99956-5882

 Aos Fatos — Foto: Reprodução/Mundo Interpessoal

Aos Fatos é uma organização de jornalistas, designers e programadores, que se debruçam para descobrir o que é real, principalmente quando se trata de política. Com, uma equipe pequena, possui um método próprio para checagem de fatos, seguindo sempre os princípios da IFCN.

A equipe do Aos fatos é muito criativa e sempre procurar meios hábeis para divulgar seu trabalho. Um desses meios foi criar HQs, onde é possível ler as checagem na versão quadrinhos.

Fatos sobre a criação de partidos — Foto: Reprodução/Aos Fatos

De forma independente, ou melhor, dependente, o Aos Fatos conta com o público, para contribuir financeiramente com um apoio mensal.

Ademais, assim como a Agência Pública, Aos Fatos também contribui para a produção de conhecimento, através de uma série de manuais online, sobre como verificar notícias e desmascara mentiras no WhatsApp.

7. Agência Pública – Projeto Truco

Site: apublica.org/checagem
Certificação IFCN: Sim
Especialidade: Declarações e Boatos de interesse público
É possível enviar notícias para checagem: Não

 Truco! Eles falam, nós verificamos — Foto: Reprodução/Mundo Interpessoal

A Pública é uma agência de jornalismo investigativo, assim como o The Intercept Brasil. Possui o título de primeira organização de fact checking sem fins lucrativos, com reportagens pautadas pelo interesse público.

Além das checagens rotineiras, também são produzidos especiais sobre a Amazônia, Vaza Jato, alimentos, e ditadura militar, para citar alguns.

Assim como a Aos Fatos, também possui uma sessão com ilustrações em HQs que valem a pena serem conferidas.

Truco é o nome do projeto da Pública, que escolheu verificar principalmente declarações e boatos. A ideia o projeto é verificar questões que tenham relevância para o debate público, sempre sem juízo de valor.

8. Estadão Verifica

Site: politica.estadao.com.br/blogs/estadao-verifica
Certificação IFCN: Sim
Especialidade: 1. Política 2. Notícias virais
É possível enviar notícias para checagem: Sim, WhatsApp (11) 99263-7900

Estadão Verifica — Foto: Reprodução/Estadão

Estadão Verifica, editado Daniel Bramatti, trabalha com reportagens verificadas por repórteres do Estado. Se trata de um Blog, dentro do site Estadão, dedicado a checagem de fato e desmonte de boatos, especialmente sobre política.

9. Projeto Comprova

Site: projetocomprova.com.br
Certificação IFCN: Não declarado
Especialidade: Informações enganosas sobre política.
É possível enviar notícias para checagem: Sim, via formulário
Em operação: Não, Inativo desde 15/12/19

Comprova — Foto: Reprodução/Projeto Comprova

Um projeto, criado durante as eleições presidenciais de 2018, que reuniu jornalistas de 24 diferentes veículos de comunicação brasileiros para descobrir e investigar informações enganosas, inventadas e deliberadamente falsas durante a campanha presidencial.

Em 2019, o projeto retornou com a mesma equipe e de 15 de julho a 15 de de dezembro, se dedicou a verificar conteúdos duvidosos relacionados a política.

Esperamos que em 2020 eles voltem ao trabalho. Embora, por enquanto, inativo, há muito material relevante publicado.

Para receber atualizações, envie uma mensagem de texto pelo WhatsApp dizendo “Quero receber conteúdos!” para o número: 11 97795-0022

Blogs para verificar se uma notícia é falsa / Fake News

10. É isso mesmo? – Globo

Site: blogs.oglobo.globo.com/eissomesmo
Certificação IFCN: Não
Especialidade: Política
É possível enviar notícias para checagem: Não

É isso mesmo? — Foto: Reprodução/Globo

Blog formado por uma equipe de jornalistas do O GLOBO, especializados em checagem de informações apresentadas por políticos, lideranças ou disseminadas por usuários de redes sociais.

11. UOL Confere

Site: noticias.uol.com.br/confere
Certificação IFCN: Não
Especialidade: Política
É possível enviar notícias para checagem: Não

UOL Confere — Foto: Reprodução/UOL

Checagem e esclarecimento de fatos do site UOL, com uma variedade grande de temas.

12. Boatos.org

Site: www.boatos.org
Certificação IFCN: Não
Especialidade: Notícias em geral
É possível enviar notícias para checagem: Não Informado

Boatos.org — Foto: Reprodução/Boatos.org

Uma organização independente, Edgard Matsuki e Carol Lira, checam notícias que viralizaram no WhatsApp e Facebook. O trabalho do “Boatos.org” se diferencia por cobrir notícias, que muitas vezes, não passam pelo editorial de grandes jornais.

13. E-Farsas

Site: e-farsas.com
Certificação IFCN: Não
Especialidade: Notícias em geral
É possível enviar notícias para checagem: Não

 E-Farças — Foto: Reprodução/E-Farças

No ar desde 2002, faz uma cobertura muito parecida com a do Boatos.org, Porém o fato de não ser reconhecido pelo IFCN não garante a qualidade da verificação, assim como um processo de investigação criterioso e de qualidade.

14. Me Engana que eu Posto – Veja

Site: veja.abril.com.br/blog/me-engana-que-eu-posto
Certificação IFCN: Não
Especialidade: Notícias em geral
É possível enviar notícias para checagem: Não

Me Engana que eu Posto— Foto: Reprodução/Veja

Blog da Revista Veja sobre Fake News. Editado por João Pedroso de Campos.

Sites sem certificação IFCN para verificar se uma notícia é falsa / Fake News

15. Fato ou Fake – Grupo Globo

Site: g1.globo.com/fato-ou-fake
Certificação IFCN: Não declarado
Especialidade: Notícias virais
É possível enviar notícias para checagem: Sim, WhatsApp (21) 97305-9827

Fato ou Fake — Foto: Reprodução/Globo

O projeto piloto do grupo Globo para checar conteúdo suspeito e Fake News mudou de nome, o que em meados de 2018 se chamava “é ou não é?” agora, em 2020 se chama “Fato ou Fake”

O projeto ficou ainda maior, agora se posiciona como um grande banco de dados, onde o usuário pode procurar por boatos que circulam as redes sociais.

É uma ótima opção para checar um conteúdo, pois o editorial está sempre antenado no que está acontecendo na internet. Como podemos ver na imagem, o Fato ou Fake é uma parceria da CBN, Revista Época, Jornal Extra, G1, Globo, Globo News, O Globo e Revista Valor Econômico.

Gifs sobre Fake News para compartilhar no WhatsApp:

Você encontra mais gifs com estes no site da Agência Lupa.

Post Atualizado em:

Mundo Interpessoal

Comentários do Facebook