Como começar a escolher um bom candidato(a) nas eleições 2018

Antes de escrever esse texto eu pesquisei no Google: “Como escolher um bom candidato nas eleições 2018”, e a maioria dos sites recomendam: pesquise o histórico pessoal, pesquise o histórico político, busque afinidade de pensamento, conheça o partido do candidato, conheça as propostas, observe os gastos de campanha, etc.

É sério isso? Quer dizer que, para escolher um bom candidato, é preciso fazer uma odisseia? Nas eleições 2018 vamos votar a favor de presidente e vice, governador e vice, senador, deputado federal, estadual e distrital. Supondo que para cada cargo tivéssemos 5 pré-candidatos, teríamos cerca de 40 pesquisas investigativas para fazer. Isso sem falar do tempo indisponível dedicado a essa tarefa, porque afinal estamos trabalhando, estudando, enfim fazendo inúmeras outras atribuições tão importantes quanto.

Claro que é totalmente válido fazer uma odisseia, a questão é que essa tarefa muitas vezes é uma barreira para muitos, que acabam votando no candidato ou candidata que tem a melhor lembrança por aparecer mais na mídia.

 

Nossa sociedade está estruturada em uma condição onde é utópico para a maioria dos cidadãos ir a fundo, analisar um por um, comparar inúmeras propostas e de fato escolher por conta própria um bom candidato, eu tenho uma sensação parecida com a de entrar em uma livraria sem saber exatamente o que quero ler e ficar perdido no meio de tantas opções de leitura e sair de lá de mãos vazias.

Justamente por isso seria incrível se houvesse uma espécie de curadoria política, alguém ou alguma ferramenta que vasculhasse entre as inúmeras opções e nos apresentasse numa bandeja os melhores candidatos de modo resumido.

Infelizmente isso ainda não existe, pelo menos não dessa forma, afinal a mídia de massa está aí influenciando e tendenciando votos em prol de candidatos específicos de acordo com seus interesses. Não tem jeito, no fim, a menos pior escolha é aquela que parte do nosso raciocínio crítico.

Alguns sites facilitam o garimpo de maneira genial. É o caso do Repolitica, que funciona como um catálogo de candidatos, ele exibe por exemplo a visão política de um candidato sobre o aborto, seus projetos, opiniões políticas e entre outras informações. Mas a melhor ferramenta desse site é o Teste do Candidato, onde você responde uma série de perguntas e recebe um resultado com os candidatos mais adequados ao seu perfil.

O problema desse teste é se deparar com perguntas do tipo: o que você acha sobre: “Aumento de juros para controlar a inflação”, “Aplicação do IPTU progressivo”, “Meritocracia para professores” e entre outras perguntas complexas para responder, exigindo obviamente um conhecimento prévio do que se trata e suas implicações.

Ou seja, de nada vale pesquisar candidatos sem ter no mínimo uma opinião crítica com relação a questões básicas como o teto sobre gastos. Para se ter uma ideia, há pré candidatos à presidência que afirmaram que uma das primeiras ações seria revogar o teto, você seria a favor ou contra?

Então com o intuito de simplificar esse meio de campo, pensamos em um percurso que pode facilitar as coisas:

Entendendo o contexto

Essa etapa é a mais importante, porque aqui você vai fazer um intensivo a fim de entender do que se trata as principais questões discursadas pelos candidatos. A melhor maneira de começar a fazer isso é lendo a seção de política do jornal Nexo, lá você encontrará uma série de matérias muito bem escritas e claras, com viés político reduzido, por se tratar de um jornal independente. A ideia aqui é ler sobre questões políticas buscando fontes seguras e transparentes.

Outra forma muito boa de entender melhor o cenário político é ouvir Podcasts. Nesse quesito, os melhores são o Estadão notícias (Direita), que está fazendo uma temporada especial sobre política, Foro de Teresina (Esquerda) e CBN Política; Em todos é possível ouvir a respeito dos principais temas em destaque, muitas vezes com um convidado especialista no assunto. Um exercício bacana aqui é prestar atenção como um mesmo assunto pode ser tratado sob olhares diferentes.

Depois de ler, ouvir, chegou a vez de assistir aos vídeos de entrevista com os principais pré candidatos a presidência do programa Roda Viva, disponível no YouTube. Esse programa é perfeito para ter uma ideia da personalidade do pré candidato, a forma como pensa, e o que pretende fazer acerca de algumas questões políticas.

Conhecendo os candidatos

Depois de saber pelo menos o básico para responder o questionário do Repolitica, agora chegou a hora de partir para conhecer os candidatos compatíveis com suas ideias. O site Super Interessante fez uma lista com os principais sites que podem te ajudar nisso.

Além disso, em época de eleição é importante ficar atento as Fakes News, aquelas notícias falsas circulando pelas redes sociais que prejudica muita gente. Pra tentar diminuir essa disseminação, a pagina do Facebook “Aos Fatos” faz um trabalho investigativo sobre controversas no mundo da política, vale a pena ir lá e dar uma curtida.

Para começar é isto.