Você está com dificuldade em acessar um site, que parece está bloqueado no Brasil, ou talvez fora do ar? Essas dicas podem te ajudar.


Antes de tudo, é importante salientar que existem vários tipos de bloqueios de sites.

Pode acontecer do site que você está tentando acessar estar bloqueado por um provedor de internet (Claro, Vivo, Oi , Etc), como foi o caso do site Women on Waves”, bloqueado pela Claro, em um sinal de censura.

Pode ser também, o caso de um bloqueio institucional (empresa, escola, etc), que impede que certos sites sejam acessados, como o Facebook, WhatsApp Web e Youtube.

Por fim, também há o caso do site estar indisponível por motivos de falhas internas ou no servidor.

Para todos os casos, vamos apresentar opções que vão te ajudar a acessar qualquer site, de qualquer lugar do planeta.

1 – Google Tradutor

Essa, sem dúvida, é uma das opções mais simples e acessíveis. Basta acessar o site do tradutor (https://translate.google.com.br ), digitar o endereço do site que você deseja acessar, selecionar qualquer idioma de origem e traduzir para o Português.

Com isso, você conseguirá acessar o site, porém, pode ser que ele fique com o layout desconfigurado, mas para acessar textos, já é o suficiente.

Se você precisa acessar o site perfeitamente, passe para as próximas opções.

2 – Proxy Site

O Proxy Site (https://www.proxysite.com/pt) é muito utilizado para acessar sites bloqueados por instituições. “Quando se conecta a um site através de nosso web proxy, você não se conecta realmente ao site que está vendo. O ProxySite.com se conectará ao site e o passará de volta para você.”

Uma boa opção para acessar sites bloqueados por instituições, como o FaceBook, Youtube e WhatsApp Web. O único problema, que também inclui o Google Tradutor, é que qualquer pessoa que tenha acesso ao seu histórico de internet, vai saber que você o acessou, e isso pode ser um problema.

Seguimos para as próximas opções.

3 – Wayback Machine

Esse é um dos meus favoritos. O (https://archive.org/web/) é um serviço gratuito, que diariamente faz milhões de cópias de sites ao redor do mundo e armazena em uma imensa biblioteca na nuvem. Com ele, é possível acessar sites que não estão mais no ar, ou que estão indisponíveis no momento. Mas atenção, você sempre vai acessar a última cópia feita pelo serviço, ou versões mais antigas, dependendo da data que você escolher visualizar.

Se você tiver o azar de o serviço ainda não ter feito uma cópia do site que você está tentando acessar, siga para as próximas dicas.

4 – Em cache – Google

O Google também oferece uma opção parecida com a Wayback Machine, porém muito mais simples e quase escondida. Basta digitar o nome do site no mecanismo de pesquisa do Google e clicar em uma abinha escrito “Em Cache”, como no Gif abaixo:

5 – Opera VPN

Talvez essa seja a opção mais prática e estável de todas. O navegador Opera, ( https://www.opera.com/pt-br/features/free-vpn ) em sua nova atualização, lançou um sistema de VPN (Virtual Private Network) integrado. Ele disfarça seu endereço de IP e os rastreadores não conseguem saber sua localização.

É a solução perfeita, inclusive para acessar sites que oferecem músicas, vídeos e séries que ainda não estão disponíveis no Brasil.

O navegador também possui uma versão para celular. Após instalar o navegador, na versão desktop ou mobile, é preciso ativar nas configurações o VPN e acessar o site utilizando uma guia anônima para que o desbloqueio funcione.

Se você não tem interesse em baixar um navegador, pode instalar um complemento no Google Chrome, que tem a mesma função, como o “uVPN”, basta pesquisar na loja de extensões do navegador e instalar.

Eu tentei gravar a tela para mostrar como funciona a ativação do VPN, mas o opera é tão seguro que não permite que meu gravador grave a tela do navegador na guia anônima. Mas não se preocupe, é bem simples e intuitivo.

6 – TeamViewer

Esse é um método que chega até ser engraçado. O TeamViewer é um programa muito famoso e gratuito, que permite que você faça um acesso remoto em outro computador. Isso permite, por exemplo, que você acesse o computador da sua casa, pelo computador do seu trabalho. Basta ter instalado nos dois computadores o programa e conectar.

Essas soluções devem ser úteis para a maior parte dos bloqueios de site.

Post Atualizado em: