O programa “Leia para uma Criança” foi desenvolvido pelo Itaú Social e banco Itaú há 9 anos e já distribuiu 54 milhões de livros em todo o Brasil. Além de enviar livros para a casa de pessoas que se cadastram, o programa também enviou livros para bibliotecas comunitárias e escolas em regiões de alta vulnerabilidade.

Em 2019 o programa venceu o Prêmio Jabuti, principal reconhecimento literário no Brasil e neste ano de 2020 permanece ativo e dessa vez com uma amplitude maior, permitindo que os livros infantis sejam baixados pelo aplicativo de mensagens mais popular do Brasil, o WhatsApp.

A importância de ler para uma criança

O período que vai do nascimento até os 6 anos de vida é a fase mais importante para a criança. Nesta fase, chamada de primeira infância, a criança está no ápice de sua capacidade de aprender e se desenvolver. Exatamente por isso, precisa receber do ambiente os melhores estímulos para usufruir na vida adulta.

Nesse contexto, a literatura é um instrumento potente para a socialização e construção de vínculos. A prática ainda contribui para a ampliação do vocabulário e capacidade de aprendizagem das crianças.

Modos de ser e de viver implícitos na literatura

A leitura de uma história possibilita a quem lê ou escuta, a apropriação da dimensão social de um dado contexto, assim como sua narrativa provoca no ouvinte a reflexão sobre o enredo favorecendo o processo de identificação com personagens e o sentimento de pertença a um dado território.

A narrativa e contexto da história nos sugere modos de viver, assim como, os personagens da trama mostram modos de ser, a interpretação que o leitor e o ouvinte fazem,  impactará significativamente na sua subjetividade e podemos afirmar que, a depender do modo como as histórias abordam as diferenças individuais essas poderão disseminar preconceitos, opressão, estereótipos e sustentar estigmas que trazem sofrimento psíquico.

Por exemplo: em muitas histórias, os vilões e vilãs possuem algum tipo de deficiência ou deformação física. Isso sugere um modo de interpretar a realidade.

Exatamente por isso…

…Que o programa do Itaú Social se preocupou em reunir histórias que desconstroem ideias reprodutoras de preconceitos e estereótipos. Implicitamente, as histórias (do programa) falam sobre racismo, estereótipos de gênero, diferenças culturais, interpretação de sentimentos e entre outros temas importantes para o desenvolvimento da moral.

Universos Diversos

Muitos livros estão sendo produzidos com essa visão crítica. Um exemplo é o livro infantil Universos Diversos em Diversos Universos, com 12 histórias com o tema diversidade.

Construído por um grupo de 43 estudantes universitários do curso de Psicologia, possui uma proposta de contribuir com um projeto de sociedade mais humana, que respeite as diferenças em sua beleza.

O conteúdo das tramas aborda o cotidiano infantil, tratando de temas como sexismo, racismo, adoção, luto, deficiência e configurações familiares. Além disso, o livro também conta com atividades interativas.

O papel social dos livros

O Brasil é um país com índices de leitura muito baixos. De acordo com a última edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil (2016), o brasileiro lê em média 2,43 livros inteiros por ano.

Recentemente uma oficina de literatura infantil, desenvolvida com base no livro Universos Diversos, foi aplicada em um colégio da cidade de São Paulo e trabalhou com as crianças questões sobre sentimento de identidade (o valor de cada um), percepção das diferenças individuais, aceitação das diferenças físicas e dos diferentes gostos, diferentes configurações existentes nos grupos familiares, bullying e entre outras questões importantes.

Ações como a do Itaú Social e do livro Universo Diversos contribuem positivamente para reverter esse cenário de baixo índice de leitura no Brasil.

Oficina de Literatura infantil /Foto: Divulgação

Como baixar os livros da campanha Itaú “Leia para uma criança” pelo WhatsApp?

  1. Envie uma mensagem dizendo “oi” para o número: +55 11 98151-1078.

    Rapidamente você vai receber uma resposta do assistente virtual se apresentando e perguntando quais das duas opções de livros deseja receber.

  2. Escolha uma das duas opções e pronto!

    Os livros serão enviados via formato PDF na conversa do WhatsApp. Independente de qual opção escolher, é possível receber o restante digitando o número da outra opção.

Como receber os livros infantis em casa?

Foto: Reprodução Itaú Social

Os livros estão esgotados. Em 2019, o Itaú Social enviou 3,6 milhões de exemplares que foram solicitados. Ainda não há informações sobre a nova distribuição de 2020. Por enquanto você pode baixar os livros infantis pelo WhatsApp no número +55 11 98151-1078 e curtir nossa página no Facebook para receber notícias sobre o programa “Leia para uma Criança

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) crianças menores de 2 anos não devem ter contato com telas.

Post Atualizado em: