Psicologia

10 dicas de Como escolher uma boa Psicóloga / Psicólogo

Dicas de como encontrar uma boa Psicóloga / Psicólogo
Pinterest LinkedIn Tumblr

Muitas pessoas querem começar um processo terapêutico, mas tem dúvidas sobre como escolher um bom psicólogo / psicóloga. De fato, não é uma tarefa fácil, pois é uma decisão muito importante.

Não existe regras na hora de escolher uma boa psicóloga e sim, orientações que podem ser muito úteis para verificar se a prática é condizente com a profissão.

Esse texto sempre vai procurar tratar o profissional da psicologia no substantivo feminino “psicólogas”, pois representam a maior parte do grupo que compõem a profissão.

Índice de conteúdo

Quando procurar ajuda de uma Psicóloga?
O que faz uma psicóloga? e o que é psicoterapia?
Como encontrar uma psicóloga?
O que considerar ao fazer a escolha?
Perguntas a serem feitas
Pagamento
Formação acadêmica
Ver um psicóloga vai me ajudar?
Como saber se a terapia está funcionando?

Quando procurar ajuda de uma Psicóloga?

As profissionais da Psicologia podem oferecer ajuda para os mais variados problemas, no entanto, não é necessário um motivo específico para procurá-las. Todos nós deveríamos ter o acesso e condições favoráveis para o auto entendimento e consequentemente o desenvolvimento pessoal. Conversar com uma psicóloga deveria ser uma prática tão comum como ir a escola.

Dito isto, existem sim motivos específicos para procurar uma ajuda psicológica. Se sentir triste por um período prolongado, não conseguir fazer as atividades diárias, ansiedade e preocupação excessiva e situações que podem causar riscos à saúde são alguns sinais claros de que alguém precisa procurar ajuda especializada.

Veja também:
Como anda seu emocional? Faça o teste online

O que faz uma psicóloga? e o que é psicoterapia?

A psicóloga é a profissional que cursou 5 anos de psicologia. Psicoterapia é o processo terapêutico que a mesma utiliza em parceria com o paciente, para trabalhar em cima de uma demanda.

Existe ainda o Psicodiagnóstico, realizado somente por psicólogas, que consiste em utilizar ferramentas da psicologia para investigar um caso e prover um diagnóstico interventivo, encaminhamento o paciente para uma ação terapêutica.

Psicólogas podem trabalhar em clínicas, centros terapêuticos, hospitais, políticas públicas, empresas e em diversos outros lugares.

Existem ainda as Psicanalistas. Neste caso, não é necessário cursar psicologia, basta fazer um curso de Psicanálise, pois se trata de um campo teórico independente da Psicologia.

Como encontrar uma psicóloga?

A forma mais prática é pesquisando na internet ou pedindo uma indicação. Nesses casos você vai encontrar serviços pagos. Caso a condição financeira não seja favorável, procure a Unidade Básica de Saúde mais conveniente e solicite um atendimento psicológico.

Existem ainda os Centros de Psicologia Aplicada, que são clínicas mantidas por Universidades para que seus alunos de psicologia realizem estágios. Nesse caso, os atendimentos são gratuitos, basta procurar uma faculdade/universidade próxima a sua residência ou trabalho e pedir informações sobre a clínica de psicologia.

O que considerar ao fazer a escolha?

Esse é um dos pontos mais sensíveis e difícil de se falar. Muitas pessoas abandonam o processo terapêutico por não gostar da psicóloga, não se sentir confortável ou sentir que não está obtendo resultados. Entretanto, todos esses pontos podem ser sinais de que a terapia está funcionando.

A dica é insistir e não levar em consideração experiências passadas com outras psicólogas. Se você passou por uma experiência ruim, não significa que todas vão ser.

É muito importante lembrar que a psicóloga pode ser uma fonte de desconforto, pois vai confrontar e investigar várias questões sensíveis e que podem dizer muito sobre como cada um está funcionando (psicologicamente).

Perguntas a serem feitas

Sem dúvidas, o primeiro ponto que deve ser levado em consideração é se a psicóloga é credenciada junto ao Conselho Regional de Psicologia.

O processo de uma terapia sempre acontece em parceria da psicóloga com o paciente. Isso significa que os dois lados precisam verificar se possuem qualificações para criar essa aliança.

No primeiro encontro você vai levar suas demandas, características, necessidades e a psicóloga vai avaliar se possui capacidade de lhe atender com qualidade. É nesse momento que você pode fazer as perguntas que julgue necessárias para verificar se a mesma possui requisitos para lhe atender.

Não existe uma lista de perguntas a serem feitas, pois cada processo é único e consiste em uma parceria entre duas pessoas (ou mais, no caso de terapia em grupo).

Pagamento

A psicólogas possuem uma tabela de orientação de preço definida pelo Conselho Federal de Psicologia, no entanto, cada uma pode cobrar um valor diferente dentro da tabela. Os valores e pagamentos são negociados com a própria profissional.

Veja também:
Sou uma pessoa ansiosa? Faça o teste online de ansiedade

Formação acadêmica

Ter no mínimo uma graduação em Psicologia. Existem diversos profissionais no mercado, com as mais variadas formações. Os títulos, cursos e publicações podem conferir qualidade e seriedade no atendimento, porém não é garantia.

O ponto norteador vai ser verificar se a psicóloga está seguindo o código de ética da profissão. Baixe o PDF neste link.

Ver um psicóloga vai me ajudar?

A psicologia é baseada em estudos científicos. Isso significa que aos longos de muitos anos, os profissionais da área vem estudando formas de entender, explicar os mecanismos da mente e reduzir as incertezas sobre as questões que envolvem todo o campo biopsicossocial.

Embora não seja garantia, as chances de resolver um problema que está interferindo em sua vida aumentam muito quando uma profissional da psicologia está envolvida.

Como saber se a terapia está funcionando?

Mais uma vez, sentir que a terapia não está funcionando pode fazer com que muitos abandonem o processo. Por isso é preciso ter calma e paciência. É possível estabelecer metas com a psicóloga, com o objetivo de superar uma questão.

Um bom termômetro do sucesso é verificar se o seu repertório para lidar com as dificuldades aumentou. O nível de autoconhecimento também é esperado que aumente, bem como o fortalecimento para lidar com a vida cotidiana.

Todos esses avanços levam tempo e cada um tem o seu. Pode ser que os resultados apareçam rápido, ou demorem. Independente disso, é importante insistir na terapia.

Conclusão

Não é muito complicado, seguido todas as orientações, as chances de encontrar uma boa psicóloga aumentam muito. Se tiver alguma dúvida, ou sugestão, envie um email para [email protected]

Está precisando de uma escuta urgente? ligue gratuitamente no número 188 (Centro de Valorização da Vida).

Post Atualizado em: